PLASMA RICO EM PLAQUETAS (PRP)

Com o avanço da idade é natural ocorrerem alterações da epiderme e da derme com a degradação da matriz extracelular. A interrupção da produção de fibras de colagénio e elastina durante o envelhecimento, com a degradação de proteoglicanos, resulta na perda de elasticidade da pele. A remodelação da matriz extracelular e a activação dos fibroblastos da derme produtores de fibras de colagénio e elastina são essenciais para o rejuvenescimento da pele. 

O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) é uma preparação de plasma com uma elevada concentração (4-7 vezes mais concentrada) de plaquetas. Esta preparação é obtida através da centrifugação do sangue do próprio cliente e subsequente extracção da camada rica em plaquetas que se forma durante este processo.

As plaquetas são ricas em factores de crescimento, tais como o factor de crescimento derivado das plaquetas, o factor de crescimento epidérmico e o fator de crescimento  endotelial vascular; em moléculas de adesão celular e em citocinas. Quando activadas as plaquetas libertam estes factores de crescimento e moléculas que vão modular a proliferação celular, a remodelação dos tecidos e da matriz extracelular, a formação de vasos sanguíneos e a resposta inflamatória. Alguns estudos descrevem ainda a indução da síntese de novo colagénio por fibroblastos da derme com o tratamento com PRP.

Estas propriedades regeneradoras de tecidos traduzem-se numa ampla utilização do PRP em diversas áreas médicas, nomeadamente em ortopedia, cirurgia plástica e em procedimentos estéticos. O PRP é actualmente utilizado em inúmeros tratamentos dérmicos dos quais o rejuvenescimento facial, a atenuação de estrias e de cicatrizes (incluindo cicatrizes acneicas), o aumento dérmico e o tratamento da alopécia androgênica são exemplos.

O tratamento com PRP consiste na injecção intradérmica de pequenos volumes de plasma rico em plaquetas.

Melhorias no volume, textura e coloração da pele facial bem como uma  redução das rugas faciais são efeitos descritos após o tratamento com PRP.