ESCLEROTERAPIA

Varizes são veias dilatadas ou trajetos venosos que se encontram aumentados e com uma forma tortuosa, as microvarizes ou "aranhas" resultam de veias enfraquecidas ou danificadas.

O surgimento das mesmas está relacionada com diversos fatores como sedentarismo, passar muito tempo de pé, gravidez, tratamentos hormonais, traumatismos ou flebites ou até mesmo a exposição solar.

O diagnostico é normalmente feito pelo angiologista ou cirurgião vascular de acordo com as características das varizes e dos sintomas que lhes estão associados. É importante saber qual é a causa da formação das mesmas e, por isso, cabe ao médico averiguar a existência de doenças recentes e uso de medicação como aspirina, antibióticos, anti-inflamatórios, anticoagulantes e contraceptivos orais.

A escleroterapia é um dos tratamentos mais habituais para travar este problema que além de inestético causa desconforto e dor. Geralmente é feito com a injeção de uma substância diretamente na variz para eliminá-la.

Poderá existir uma sensação de ardor no local onde o liquido é inserido. Esta dor costuma ser muito suportável e pode até ser atenuada com o uso de uma pomada anestésica na pele. Podem ainda surgir pequenas bolhas no local, hematomas quando as veias são muito frágeis e leve inchaço que desaparece nos primeiros  dias. No entanto, normalmente este procedimento costuma ser muito bem sucedido não necessitando da anestesia e é realizado em menos de 1 hora.

Após este tratamento a veia tratada tende a desaparecer ao longo de algumas semanas. 

O número de sessões varia de acordo com cada caso e cada diagnostico . Existe casos que pode ser necessária apenas uma sessão e outros em que poderá ser preciso fazer outras sessões para obtermos os resultados pretendidos.  Normalmente quanto mais grossa ou visível está a variz maior será o numero de sessões necessárias. 

No entanto estima-se que na maior parte dos casos entre 50 a 80% das "aranhas vasculares" possam ser eliminadas com uma única sessão.

Os cuidados a ter com este tratamento devem ser adotados antes e depois do tratamento.

No dia anterior ao tratamento deve-se evitar a depilação ou aplicar cremes no local onde será introduzida a substância.

Depois do procedimento e durante as duas a três primeiras semanas deverão ser usadas as meias ou bandas de compressão. É aconselhável evitar exercício físico exaustivo durante este período e também deverá ser evitada a exposição solar nas zonas tratadas. 

Os vasinhos ou veias tratadas com a escleroterapia raramente voltam a surgir, no entanto o seu estilo de vida terá que ser saudável para que não acumule excesso de peso e novos vasinhos ou varizes possam surgir em outros locais.

Na Becare Clinica trataremos do seu problema e ajudamos a encontrar um estilo de vida saudável!